Latest News

Coincidências com Charmed

Um programa de TV produzido por Aaron Spelling. Três belas mulheres lutando juntas contra o mal, cada uma com um dom especial que a destaca entre as mortais comuns. Um chefe com quem elas só entram em contato através de um intermediário. Adivinhe de que série eu estou falando?

As coincidências entre Charmed e Charlie's Angels não ficam apenas no mundo da ficção. Nas duas séries, uma das atrizes acabou fazendo mais sucesso do que a suposta atriz principal: em Charmed, Alyssa Milano se tornou mais popular do que Shannen Doherty, enquanto em Charlie's Angels Farrah Fawcett acabou superando Kate Jackson, o maior salário e a primeira a aparecer nos créditos.

Ambos programas foram abandonados por uma das atrizes em meio a fofocas de ciumeira com uma colega de trabalho: Shannen em Charmed e Farrah em Charlie's Angels. A solução foi substituir as personagens delas por... irmãs mais novas desconhecidas!

Agora acompanhe a semelhança entre os perfis dos principais personagens:

Sabrina Duncan (Kate Jackson): de 1976 a 1979
Sabrina era a "pantera intelectual", a líder do trio. Formada em Ciências Políticas, ela falava diversas línguas e era exímia enxadrista. Sua personalidade era direta, corajosa e inteligente. Mantinha a calma nos momentos de perigo e, com uma arma nas mãos,
sua pontaria era mortal. No início da série ficamos sabendo que ela é divorciada. Sabrina também era conhecida pelo seu apelido, "Brie".

Kate Jackson foi a primeiro pantera selecionada para o elenco, a princípio para o papel de Kelly Garrett. No final da primeira temporada, rumores diziam que Kate tinha ciúmes e nos bastidores "sabotava" a colega de elenco Farrah Fawcett. Mas ela permaneceu duas temporadas no show, enquanto Farrah saiu logo depois do primeiro ano.


Prudence Halliwell (Shannen Doherty): de 1998 a 2000
Prudence era a mais poderosa das irmãs. Uma perita em avaliações com grande conhecimento em arte, era brilhante em seu trabalho e praticamente sustentava a casa. Sua personalidade era madura e responsável. Seu poder de telecinese evoluiu até se tornar uma arma mortal, que a permitia "explodir" demônios e outras criaturas do mal. No primeiro episódio de Charmed, ficamos sabendo que ela era noiva de Roger, mas que os dois romperam pouco antes do casamento. Prudence era mais conhecida por seu apelido, "Prue".

Shannen Doherty foi a primeira a ser selecionada para o elenco. Ela havia feito o teste para interpretar Piper, a irmã do meio, mas acabou ficando com o papel da irmã mais velha. Na terceira temporada, começaram a surgir boatos de que estaria enciumada com o grande sucesso atingido por Alyssa Milano, que acabou se tornando mais popular do que ela. No final daquele ano, sem uma explicação oficial, Shannen acabou deixando a série.


Kelly Garrett (Jaclyn Smith): de 1976 a 1981
Kelly era a mais gentil das Panteras. Sua "arma" principal estava nas mãos: era a habilidade no karatê. Ela era muito sexy, com a beleza clássica dos anos 70. Seu jeito suave permaneceu o mesmo durante toda a série. De personalidade sensível e íntegra, embora um pouco passiva, tinha tendência a sempre querer ajudar os outros. Mas a cordial Kelly tinha um lado problemático: uma órfã criada em instituições de caridade, jamais teve sorte no amor.

Jaclyn Smith foi a única atriz a participar de todas as temporadas da série na TV. Embora já tivesse feito "pontas" em várias produções, foi com Charlie's Angels que ela se tornou uma celebridade. Em 1985, sua carreira deu uma guinada: ela assinou uma linha de roupas para a KMart, tornando-se estilista. O sucesso foi imediato, e a parceria com a loja dura até hoje. Em 1990, depois de se divorciar do diretor Tony Richmond, Jaclyn decidiu interromper a carreira para cuidar dos dois filhos: "as crianças foram a parte mais positiva do nosso relacionamento. Aqui estão esses dois seres únicos e maravilhosos, e eu vou ser sempre grata a Tony por isso", ela declarou.


Piper Halliwell (Holly Marie Combs): de 1998 a 2006
Piper era a mais meiga das Halliwell, a quem sempre cabia o papel de conciliadora entre Prue e Phoebe. Era doce e sensível, qualidades que se destacavam mais antes da morte da irmã mais velha. Seu "dom" se manifestava através de gestos das mãos que a permitiam congelar coisas e, mais tarde, explodir demônios. Piper tendia a ser indecisa e um pouco neurótica, pois não aceitava bem o fato de ser bruxa, ansiando sempre por uma vida "normal". No amor, teve muitas dificuldades antes de finalmente conseguir ficar ao lado de Leo.

Holly Marie Combs participou de todas as temporadas de Charmed. Embora já tivesse uma relativa fama na TV, foi com a série de Spelling que firmou seu nome entre os fãs. Depois do final do seriado ela reduziu expressivamente seu ritmo de trabalho para dedicar-se ao marido, David Donoho, e aos dois filhos do casal. Desde então tem feito o máximo para manter sua vida pessoal longe dos holofotes da mídia.

Jill Munroe (Farrah Fawcett): 1976
Jill era bem-humorada, cuca fresca e extremamente sexy. Tinha um jeito despreocupado e leve. Numa época em que os episódios tendiam a ser um pouco mais discretos ao exibir o corpo das atrizes, seu guarda-roupas de camisetas usadas sem sutiã era uma ousadia. O sorriso imenso e a volumosa cabeleira dourada dominaram a telinha. Atlética, estava sempre envolvida em competições esportivas. Era especialista em artes marciais. Paqueradora, insinuava-se para os homens sem nunca se envolver.

Apesar de se transformar num ícone das Panteras, Farrah Fawcett participou de apenas uma temporada da série. Entre os motivos para a saída estava o desagrado de seu então marido, o ator Lee Majors (O Homem de Seis Milhões de Dólares) em ver a esposa transformada em símbolo sexual da noite para o dia. Não adiantou: o casamento deles terminou alguns anos depois. Farrah foi a modelo do possivelmente mais famoso poster do mundo, em que posa de roupa de banho como uma pin-up moderna. A atriz trabalhou em diversos filmes e minisséries, mas jamais conseguiu se livrar da imagem de Jill.



Phoebe Halliwell (Alyssa Milano): de 1998 a 2006
Phoebe
era a mais nova das irmãs. De mente aberta e aventureira, era um tanto irresponsável também. Com o repercussão do papel, foi ganhando um guarda-roupas cada vez mais sexy: estava sempre com blusas coladas e barriguinha de fora. Phoebe era especialista em artes marciais, arma que usou contra muitos demônios auxiliada pelo seu poder de levitar. Em busca quase desesperada pelo amor da sua vida, ela se envolveu com uma série de homens que tendiam a se afastar depois de algum tempo.

Durante a primeira temporada de Charmed, Alyssa Milano casou com o rock star Cinjum Tate. O casamento que teve Holly e Shannen como damas de honra durou apenas 11 meses. A fofoca na época era que Alyssa se tornara exigente e controladora, e que poderia estar traindo o marido. A popularidade de Phoebe rendeu a ela muitos contratos publicitários, mas desde o fim de Charmed a atriz ainda não conseguiu emplacar um papel de tanto sucesso.



Kris Munroe (Cheryll Ladd): de 1977 a 1981
A idéia surgiu quando Aaron Spelling teve que substituir a carismática personagem Jill. Que tal uma irmã mais nova? O "parentesco" dava um créditto imediato de simpatia junto ao público que adorava Farrah Fawcett. Assim surgiu Kris, a irmazinha de Jill que, sem o conhecimento da família, frequentava a academia de polícia, e trabalhava... adivinhem? No Departamento de Polícia de San Francisco!
Kris tinha uma personalidade leve, alegre e um tanto ingênua. Como novata, tinha muita vontade de trabalhar mas era propensa a cometer erros. Com o passar do tempo foi deixando de lado a persona da "irmazinha" e se tornando uma personagem mais sexy e glamourosa.

Embora não pertencesse ao elenco original, Cheryl Ladd conquistou tanta popularidade quanto as parteras anteriores. Cantora profissional, chegou a lançar um disco cujo single “Think it Over” ficou em 38º lugar na Billboard em 1978. Depois de sair da série, a atriz estrelou filmes para a tv e peças da Broadway. Recentemente a filha de Cheryll, Jordan Ladd, atuou em Grindhouse (filme de Quentin Tarantino e Robert Rodriguez que também teve a participação de Rose McGowan).



Paige Matthews (Rose McGowan): de 2001 a 2006
Quando quiprocós nos bastidores afastaram Shannen Doherty do elenco de Charmed, os produtores recorreram à fórmula que já havia dado certo em Charlie's Angels: uma irmã mais nova. Assim, entra em cena Paige, cuja própria existência era desconhecida. Fruto de um romance de Patty Halliwell, mãe das meninas, com Sam Wilder, seu guardião, Paige foi encaminhada para a adoção logo após seu nascimento. E apesar das saudades que todos sentiam do caráter marcante de Prue, ela cumpriu bem o seu papel de manter vivo o Poder das Três.
Paige era alegre e cheia de vivacidade, e muito curiosa a respeito de tudo que significava ser bruxa. Assim, cometeu muitos erros e armou algumas confusões em sua estréia com os feitiços. Logo no início ficou claro que a intenção era fazer dela uma personagem divertida, deixando o posto de "irmã mais sexy" para Phoebe. Já no final da série, na sétima e especialmente na oitava temporada, Paige assume uma imagem mais sofisticada.

Rose McGowan conquistou com Charmed uma popularidade que não tinha no mundo da tv, no qual antes era praticamente uma desconhecida. A carreira da atriz era mais dedicada ao cinema. Por coincidência, em 1995, ela ficou com um papel que inicialmente seria de Jordan, filha de Cheryll Ladd: foi em "Doom Generation", em que interpretou Amy Blue. Rose também canta, embora esteja mais para amadora do que para profissional. No seu envolvimento com a música há também a participação como atriz em alguns videoclipes.


Acompanhe o episódio CHARMED ANGELS

2 comentários:

Anônimo disse...

"tudo se copia, nada se cria"
se uma idéia deu certo, porque não repetila com algumas mudanças
ficou ótimo a comparação que você fez entre as atrizes/personagens
não só a história, como também as atrizes/personagens, com algumas diferenças, se repetiram, "sinistro" 0:-)
finalmente eu descobri porque adorei charmed deste o começo... :D
:D

Marcia disse...

Concordo com o comentário do nosso amigo, muito bem feita as comparações, e gratificante foi ficar sabendo que tudo tem a ver as duas séries, já q sou fã das duas, e principalmente fã de todas as protagonista destas.

Charmed Gallery Designed by Templateism.com Copyright © 2014

Imagens de tema por Bim. Tecnologia do Blogger.